12

Cia Teatral Crepúsculo leva riso e bom humor ao fim de semana pós carnaval de BH

Nos dias 13 e 14 de fevereiro de 2016 a Cia Teatral Crepúsculo apresentou dentro da 42ª Campanha De Popularização do Teatro e da Dança o espetáculo “Seven – O Circo dos Números Naturais”, no Crepúsculo – Centro de Desenvolvimento Humano que se localiza a Rua Sertões, 147, Prado, na capital mineira.

As apresentações tiveram início às 16 horas, nos dois dias e contou com um bom público que pôde conferir a performance dos palhaços Plock, Cláudio Márcio e Madureira, Luciane Kattaoui, que através do lúdico fazem uma sátira aos sete pecados capitais. Os dois palhaços vivem cenas que tratam de um assunto bastante sério e polêmico, lançando mão de várias linguagens do circo, para parodiar os pecados capitais cometidos pelos palhaços, de uma forma suave, lírica e espontânea. Utilizando-se do lúdico eles colocam as questões de uma forma seriamente humorística. A peça é uma grande bobagem e é por meio do riso que se discute os pecados. Os palhaços mantêm a esperança e sua força reside precisamente nesse espírito positivo que faz converter os erros em triunfos. Para os palhaços, o erro e o fracasso são divinos e podem acendê-los ao céu.

O público presente pôde assistir e curtir dois artistas palhaços na essência do ser circense, cheios de leveza, delicadeza, profissionalismo, improviso e é claro, muita graça e humor.

Por Elmo Gomes

4 D

Os 4 Distintos recebem uma calorosa recepção no colégio Municipal São Cristóvão

Todos ligados na chegada das comemorações do Carnaval e o Crepúsculo – Centro de Desenvolvimento Humano está em plena atividade artística. Para dar início aos trabalhos de 2016 o Crepúsculo iniciou uma parceria com o Colégio Municipal São Cristóvão onde a instituição oferece à escola uma formação no que diz respeito à inclusão social na sua forma mais completa e digna possível.

Mariana

 

Fotos Elmo Gomes/Atriz Mariana Botelho

No dia 05 de fevereiro de 2016, véspera de carnaval, a direção do Colégio Municipal São Cristóvão realizou a Assembléia Semestral com Pais e Alunos e para a abertura do evento a Cia Teatral Crepúsculo apresentou o espetáculo “Os 4 Distintos”.

Cláudio

Fotos Elmo Gomes/Ator Cláudio Márcio

Todos ligados na chegada das comemorações do Carnaval e o Crepúsculo – Centro de Desenvolvimento Humano está em plena atividade artística. Para dar início aos trabalhos de 2016 o Crepúsculo iniciou uma parceria com o Colégio Municipal São Cristóvão onde a instituição oferece à escola uma formação no que diz respeito à inclusão social na sua forma mais completa e digna possível.

Lu

Fotos Elmo Gomes/Atriz Luciane Kattaoui

No dia 05 de fevereiro de 2016, véspera de carnaval, a direção do Colégio Municipal São Cristóvão realizou a Assembléia Semestral com Pais e Alunos e para a abertura do evento a Cia Teatral Crepúsculo apresentou o espetáculo “Os 4 Distintos”.

Sílvins

Fotos Elmo Gomes/Atriz Sílvia Carvalho

O espetáculo conta a história de quatro amigos, Bellinha, Tininha, Karina e Julinho, interpretados, respectivamente por Mariana Botelho, Sílvia Carvalho, Luciane Kattaoui e Cláudio Márcio, que por meio do lúdico e do faz-de-conta desvendam o mundo dos sonhos e das aspirações levando o público a uma reflexão profunda sobre desejos e possibilidades que pessoas com limitações aparentes e não aparentes vivenciam.

No caso da escola, o teatro traz uma experiência mais direta para pais alunos e professores que enxergam de uma forma diferente os problemas e vivências dentro da escola passadas por pessoas com limitações aparentes e não aparentes.

4d

Fotos Elmo Gomes

Os quatro “meninos” conseguiram levar ao público uma emoção diferente e profunda que podia ser percebida nos olhares dos presentes e que foi retratada na fala do Coordenador Pedagógico Vinícius Tiago de Mello: “Eu achei que a apresentação, em primeiro lugar foi emocionante, com um texto muito bacana e bem elaborado, que vem ao encontro com a proposta de inclusão adotada pela escola, que vai mais além da inclusão de pessoas com deficiências e sim busca uma abrangência geral de todos os envolvidos no processo. O espetáculo foi muito importante, pois, norteou o que pode a vir a ser o trabalho que será desenvolvido pelo Crepúsculo – Centro de Desenvolvimento Humano despertando uma enorme expectativa”.

 

Por Elmo Gomes