1

3º Festival de Alimentação Saudável do Crepúsculo – Uma ideia saborosa e saudável

No dia 10 de junho de 2016 o Crepúsculo realizou o 3º Festival de Alimentação Saudável que é uma iniciativa do Projeto Diversidade e Protagonismo, sob a direção da Terapeuta Ocupacional Sílvia Carvalho e tem o intuito de despertar a necessidade de uma busca por uma alimentação mais saudável no cotidiano de todos os atendidos, seus familiares e profissionais do Crepúsculo.

2

A tarde foi movimenta e para dar início ao evento foi convidada a estudante de gastronomia Clarice de Carvalho Nunes, que além de seus estudos teve uma experiência inovadora em uma comunidade alternativa, a Ecovila de Piracanga, localizada na Península de Maraú, na Bahia, próximo a Itacaré. Clarice trabalhou em um restaurante vegano e compartilhou parte de sua experiência com os presentes no festival e também deu dicas de como se alimentar de uma forma mais saudável e natural.

3

Após a explanação desta profissional gastronômica os participantes do evento apresentaram suas receitas e todos puderam degustar e se interagir durante uma tarde agradável e saborosa.

4

O Festival de Alimentação Saudável do Crepúsculo a cada edição toma corpo e vai se tornando um evento esperado por todos que convivem diariamente na instituição além de incentivar os familiares e amigos a manter uma vida mais saudável.

Elmo Gomes

2

Crepúsculo visita a Estação Ecológica da UFMG

Na busca de um desenvolvimento amplo e um maior conhecimento do mundo pelos participantes do Projeto Diversidade e Protagonismo, no dia 03 de junho de 2016 o Crepúsculo promoveu a visita à Estação Ecológica da Universidade Federal de Minas Gerais, (UFMG). A visita tem o intuito de despertar nos jovens a curiosidade pela sustentabilidade além de proporcionar uma educação ambiental e uma forma saudável de diversão e entretenimento.

 

Na tarde do dia 03 de junho os meninos partiram rumo a mais um belo passeio que tem como objetivo um auxílio ao desenvolvimento individual e coletivo do grupo. Apesar do dia chuvoso a excursão foi muito proveitosa.2

O primeiro contato na estação foi com a Oficina Bicho-Pau, que tem como base a leitura do livro de Ângelo Machado, “O Dilema do Bicho-Pau” e em seguida há a identificação da espécie através de desenhos e comentários sobre as características gerais e a importância ecológica dos insetos.

3

Segundo as monitoras da UFMG o objetivo desta atividade é despertar a percepção da importância das funções ecológicas dos insetos e retirar o mito da repugnância e do medo que todos têm dos mesmos.

4

Em um segundo momento os participantes do Diversidade e Protagonismo participaram da Oficina sobre Conservação de Energia, que tem como objetivos diferenciar matéria de energia, demonstrar as transformações e identificar a origem da produção da energia e o seu caminho até as residências. Além de relacionar a construção de barragens e seus impactos ambientais e discutir consumo de energia e algumas alternativas.

5

A justificativa para a realização desta atividade é a busca da conscientização dos participantes sobre a questão ambiental relacionada à produção e consumo de energia elétrica. Noções básicas sobre a produção de energia e como utilizá-la de forma racional, utilizando-se de uma maquete.

6
Após uma tarde agradável e proveitosa de diversão e educação ambiental os participantes deste passeio tiveram sua consciência aguçada e estimulada a um pensamento diferenciado sobre várias questões ambientais e ecológicas que norteiam nosso dia a dia.

Por Elmo Gomes